Blog Image

Open Mind (c) HUMANARÁ

Sobre Open Mind

É um local para compartilharmos nosso backgroud, teorias, práticas e conceitos que fazem parte do dia a dia da Humanará.

Quando temos uma casa nova fazemos o Open House, trazemos o amigos e mostramos até o banheiro.

Open Mind é para convidar você a entrar no cérebro da Humanará e conhecer até o que não deu certo.

Você encontrará aqui: teorias, práticas, lições aprendidas, dinâmicas e objetos intermediários.

Entre a casa é sua!!!

A Sustentabilidade no Modelo de Aprendizagem Integral – MAI

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Seg, Março 07, 2016 17:34:09

Sustentabilidade pra
que te quero? rs

O termo que faz
sucesso em todos os cantos do mundo ganhou espaço no Modelo de Aprendizagem
Integral da Humanará, mas não por acaso. Nós acreditamos na Sustentabilidade e
entendemos que deve ser mais do que um princípio ou valor. Deve ser também um
resultado.

O
termo Sustentabilidade tem em si tem uma carga enorme de generalizações e
possibilidades de significado, assim como a Educação, mas sua base é sempre a
mesma: as três dimensões da necessidade humana (triple bottom line):

(…) a
dimensão econômica é representada por prosperidade e aquisição de bens
materiais e financeiros das partes interessadas (stakeholders), incluindo
acionaistas (shareholders) e investidores nas empresas de negócios. A dimensão
social, por seu turno, se caracteriza, pelo bem-estar e justiça social
(equidade e inserção) das pessoas, individualmente ou em comunidade, enquanto a
dimensão ambiental é expressa pela conservação e qualidade dos estoques de
recursos renováveis, extensão de vida útil dos não- renováveis e sustentação
dos serviços naturais, como clima, recuperação de fertilidade do solo (…)
(FURTADO, 2005, p.18.).

Nós
aqui acordamos todos os dias com a missão de trabalhar para “Construir na
organização uma inteligência sobre o Ser Humano e suas Relações a fim de gerar
resultados imediatos, de curto, médio e longo prazo.”, é por isso a Sustentabilidade é
o grande pano de
fundo que damos para a todo e qualquer trabalho de desenvolvimento integral,
seja ele individual ou organizacional, para que exista perenidade no seu
resultado.

Este é o
grande diferencial para consolidar resultados efetivos advindos da
transformação do comportamento do indivíduo e da sua realidade.

No MAI a Humanará
trabalha com a Sustentabilidade em três perspectivas: a perspectiva individual,
que está relacionada a saúde mental-emocional-espiritual do indivíduo; a
perspectiva global, que está associada ao uso dos recursos e seus impactos no
meio ambiente, na economia e na sociedade; a perspectiva do resultado, que nada
mais é do que as riquezas que alcançamos quando agimos garantindo o atendimento
às duas outras perspectivas citadas.

Quer se aprofundar
no assunto? fale com a gente:
smileycontato@humanara.com

Estamos esperando
por Você.



O Despertar da Consciência no Modelo de Aprendizagem Integral

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Seg, Fevereiro 29, 2016 11:27:01

O Despertar da
Consciência é um modelo de Gestão do Conhecimento criado pela ConheSus e
aprimorado pela Humanará para garantir o engajamento de um grupo em um
determinado assunto, por isso é tratado como um conceito chave do Modelo
de Aprendizagem Integral (MAI) e utilizado por nós como ferramenta quando se
trata de desenvolvimento de pessoas e grupos.

Esse conceito
trabalha a construção de conhecimento em fases e garante resultados
Sustentáveis, ou seja, a imediato, curto, médio e longo prazo. O objetivo desse
modelo é tornar perene os resultados de organizações e profissionais.

O Despertar da Consciência é formado de
quatro elementos que em alguns momentos, ou em todos os momentos, se sobrepõem.
Compreendemos o este modelo da seguinte forma:

a) Conhecer: momento
de conhecer sobre determinado objeto de estudo.

b) Vivenciar: quando se consegue agir a
partir da informação e conhecimento adquiridos.
c) Aprender: ganha-se independência em relação ao objeto na ação e no
pensar.
d) Apropriar-se: o sujeito liberta-se da forma e do conceito, criando novas oportunidades
e significados para o objeto estudado.

A HUMANARÁ vem aplicando esse modelo em
todos os projetos desde seu primeiro registro, e os resultados são efetivos,
acontecem de 3 a 7 dias após a aplicação. No geral, o processo ecoa e produz
resultado em mais de 50% dos participantes.

Se quiser saber mais
fale com a gente: smileycontato@humanara.com

Estamos esperando
por Você.



BÁ no Modelo de Aprendizagem Integral (MAI)

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Qui, Fevereiro 18, 2016 15:06:19

Este é mais um
conceito chave do Modelo de Aprendizagem Integral (MAI), tema do 1º curso de
2016 da Humanará. Uma estratégia ideal para quem precisa melhorar a comunicação e
garantir o sucesso dos treinamentos corporativos.

Nós na Humanará
adoramos construir BÁs por ai e carregamos essa proposta por onde passamos, no
Modelo de Aprendizagem Integral não vai ser diferente. Quer saber porque
acreditamos tanto no BÁ?

O BA foi
desenvolvido por Shimizu e adaptado por Ikujiro Nonaka, especialista em Gestão
e Criação de Conhecimento nas Organizações. Eles traduzem o BÁ como um espaço
adequado para construção de novos conhecimentos com características relacionais
que estimulam as pessoas a compartilhar e construir coletivamente.

Trata-se de um
espaço acolhedor, seguro, com intencionalidade e contexto.

Bá não é um lugar
físico e sim um espaço mental, que promove o trabalho em conjunto, por isso sua
configuração vai além de salas, plataformas de web ou experiências e ideias.

Contudo, uma vez
experimentado qualquer indivíduo é capaz de recria-lo em qualquer tempo e
lugar, beneficiando as pessoas e as organizações.

A Humanará acredita
que as infinitas possibilidades de solução dos problemas estão no BÁ. Se quiser
saber mais entre em contato com a gente.



A prática do Diálogo no Modelo de Aprendizagem Integral

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Seg, Fevereiro 15, 2016 10:22:06

Neste
sábado tivemos uma experiência muito bacana que envolveu a prática do Diálogo.
Estive com um grupo de 20 pessoas no desafio de trabalhar a questão das
relações e do vinculo. O tempo era curto e a programação extensa, as pessoas
estavam ansiosas e com muitas expectativas, por esses e outros motivos não
poderia apresentar a teoria. Optei então por fazer isso de forma prática e ao
longo das vivencias e dos momentos de compartilhamentos, sempre atenta as
oportunidades e as necessidades de cada um e do grupo:

– Houve
momentos que o volume da sala estava muito alto: combinamos um falar por vez,
cuidar do tom de voz e estabelecer contato visual com as pessoas durante a
fala.

– Como o
relógio estava acelerado e as pessoas ávidas por contar suas experiências
elegemos um guardião do tempo, que cuidava de avisar-nos o andar dos ponteiros.

– Sempre
reforçava a intenção de estarmos reunidos, e questionava o grupo se eles
conseguiam perceber a conexão entre o fluir daquela conversa e o tema que
precisamos cumprir, nosso objetivo.

Esses
elementos deram conta e garantiram o bom diálogo.

Quer
saber mais? Tem tudo isso no Modelo de Aprendizagem Integral (MAI), um curso da
Humanará.

Participe
e mude sua história.

smileycontato@humanara.com



O Diálogo como ferramenta no Modelo de Aprendizagem Integral (MAI)

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Sex, Fevereiro 12, 2016 17:34:53

Hoje o tema é
Diálogo. A proposta é apresentar a teoria deste conceito chave do Modelo de
Aprendizagem Integral (MAI) para você refletir sobre suas características e se está ou não dialogando.

A Humanará utiliza
como uma ferramenta de construção de significados, habitualmente para superar
conflitos de forma construtiva. Etimologicamente “Dia” significa através e
“Logos” significa significado, para dialogar é necessário buscar o significado
através da relação.

O Diálogo é utilizado para restaurar ou estabelecer o vinculo
e convivência (bem-comum), acontece essencialmente na relação (eu-eu, eu-outro,
eu-ambiente) e é capaz de promover compromisso do indivíduo com os impactos das
suas ações. Dialogar significa atravessar o significado daquilo que se escuta,
é uma experiência de presença e empatia.

David Bohm, pesquisador e desenvolvedor
deste conceito, estabeleceu algumas regras para Dialogar:

– Suspensão de Julgamento – você precisa
abaixar o volume do crítico interno enquanto o outro fala. Esse julgamento vem
expresso em atitudes, movimentos do corpo e emoções. Uma voz interior ou seu
corpo mostra que você está julgando, expressa o que está sentindo sobre aquilo.


Escuta ativa – um ouvir cuidadoso e empático em relação as palavras ditas e
seus significados de forma fluída e permissiva ao outro. Momento de respeito,
igualdade e confiança entre o eu e o outro.

– Espaço/Tempo – reserve um momento e um
local adequado para esse diálogo, é muito importante, nesse cuidado garantir a
sua presença e a do outro. Para que ambos estejam inteiros ali para toda a
construção necessária.

– Objetivo – sobre o que queremos tratar,
o que pretendo alcançar com esse diálogo, tenha clareza sobre quais seus
desejos e necessidade do encontro, assim ele poderá ser produtivo, caso
contrário pode virar um rodeio sem fim.

Para a HUMANARÁ o Diálogo é adotado como
um modelo que pode ser aplicado em contextos diferentes, tanto para grupos,
duplas ou até mesmo com o eu, ou eu com uma informação.

Experimente e conte
pra gente.

smiley contato@humanara.com



Sobre as 4 dimensões da Educação Global, conceito chave do Modelo de Aprendizagem Integral (MAI).

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Qua, Fevereiro 10, 2016 17:50:35

Neste feriado fiquei pensando que talvez fosse importante falar sobre cada uma das
dimensões da Educação Global, que citei no ultimo post “práticas” da
semana passada. E mesmo no meio da folia de carnaval estou aqui contar sobre
isso para vocês.

Marli
Alves Santos trouxe para o Brasil esse conceito desenvolvido pelos cientistas
Graham Pike e David Selby, e nós da Humanará acreditamos que abraçar essa proposta de educação nos
processos de ensino e aprendizagem é crucial nos dias atuais, que exigem
mudanças significativas no comportamento dos seres humanos, em seus diversos
papeis na sociedade.

Incorporar esta prática possibilita transformar as
famílias, o mundo corporativo e a realidade dos fatores econômicos, sociais e
ambientais.

“A educação global é um paradigma holístico
da educação, fundada na interconexão de comunidades, terras e povos,
inter-relação entre todos os fenômenos sociais, culturais e naturais, na
natureza interpenetrante do passado, presente e futuro, e da natureza
complementar das dimensões cognitivas, afetivas, físicas e espirituais do ser
humano. Ela aborda temas e questões relacionadas ao desenvolvimento, equidade,
paz, justiça social e ambiental, e da sustentabilidade ecológica. Abarca as
dimensões pessoal, local, nacional e planetária. (p. 126). Selby, D. (1999). Global Education: Toward
a Quantum Model of Environmental Education. Canadian Journal of Environmental
Education, 4, p. 125-141. (Tradução Livre).” Santos, Marli Alves, 2006, p. 57.

Então…vamos às Dimensões:

A dimensão temporal enfatiza o
conceito de temporalidade dado como um tempo histórico e visto tal como uma
relação dinâmica entre passado, presente e futuro. Isso reforça o papel de cada indivíduo como
agente de mudança no tempo.

A dimensão temática traz os temas e
questões fundamentais para o desenvolvimento do ser humano, normalmente essas
questões têm manifestações nos níveis pessoal, local e global, e estão
profundamente entrelaçadas umas com as outras. Para servir exemplo podemos
citar temas como desenvolvimento econômico, justiça social, violência e paz,
escassez de recursos naturais, desarmamento, guerras nucleares, etc.

A dimensão interior vem trazer o
indivíduo, integral, portanto promove auto consciência envolvendo a relação
dele com o planeta e exige uma reflexão profunda sobre alguns paradigmas e
modelos mentais para resignificar esta interação com o universo.

A dimensão espacial considera os
níveis intrapessoal, local, regional, nacional, internacional, global e
planetário. Segundo Marli Alves Santos, esses níveis ou escalas da dimensão
espacial devem ser vistos e apresentados como um todo dinâmico e contínuo.

A relação entre esses elementos,
apresentados, e a presença de cada um é para a Humanará o elemento-chave desse
Modelo de Aprendizagem Integral (MAI).

Transforme-se! Venha
conhecer o MAI e mude a sua história.

smiley contato@humanara.com



A prática da Educação Global no Modelo de Aprendizagem Integral (MAI)

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Sex, Fevereiro 05, 2016 10:44:32

No post de hoje vamos partilhar com vocês uma experiência da aplicação da Educação Global, um dos conceitos chave do Modelo de Aprendizagem Integral (MAI).

No inicio da semana fomos convidados a trabalhar com uma equipe que precisava se engajar em resolver determinado problema. Essa equipe já tinha passado por alguns treinamentos mas não se mobilizaram para ação e o problema estava se agravando.

Nosso plano de ação começou com a aplicação da Educação Global, que é um conceito multidimensional que se constitui basicamente por quatro dimensões: espacial, temporal, temática e interior, onde as noções de interdependência e interconexão são a base para a construção de sentido em um mundo que a dimensão relacional tem uma importância vital, ou seja, no entrelaçamento dinâmico de nossas vidas com o mundo daquele(s) com quem convivemos.

A proposta envolveu uma atividade central focada na dimensão interior, de reconhecimento e compreensão da nossas atitudes, do outro e do ambiente que estamos inseridos. Através dessa atividade o grupo foi conduzido a refletir sobre suas ações e seus impactos. Com apoio de outros jogos construímos juntos um novo olhar sobre a problemática, isso significa na prática um comportamento novo.

Essa ferramenta será apresentada no curso da Humanará, Modelo de Aprendizagem Integral (MAI) em 04/03/2016, venha conhecer o MAI e mude sua história.

smiley contato@humanara.com



6 ferramentas em 1 Modelo: Modelo de Aprendizagem Integral (MAI). Aprimore suas práticas.

#modelodeaprendizagemintegral Posted on Qui, Fevereiro 04, 2016 09:50:50

Modelo de Aprendizagem Integral (MAI) é um conjunto de conceitos chave para desenvolver o melhor processo de ensino-aprendizagem dentro da organização.
Os conceitos que compõe o MAI são:
Educação Global da Marli Alves,
Despertar da Consciência da ConheSus,
Sustentabilidade de Fritjof Capra,
Diálogo de David Bohm,
Ba de Nonaka e Takeuchi,
Mobilização de Conhecimento de Alex e David Bennet.

smileycontato@humanara.com



Seguinte »