Neste
sábado tivemos uma experiência muito bacana que envolveu a prática do Diálogo.
Estive com um grupo de 20 pessoas no desafio de trabalhar a questão das
relações e do vinculo. O tempo era curto e a programação extensa, as pessoas
estavam ansiosas e com muitas expectativas, por esses e outros motivos não
poderia apresentar a teoria. Optei então por fazer isso de forma prática e ao
longo das vivencias e dos momentos de compartilhamentos, sempre atenta as
oportunidades e as necessidades de cada um e do grupo:

– Houve
momentos que o volume da sala estava muito alto: combinamos um falar por vez,
cuidar do tom de voz e estabelecer contato visual com as pessoas durante a
fala.

– Como o
relógio estava acelerado e as pessoas ávidas por contar suas experiências
elegemos um guardião do tempo, que cuidava de avisar-nos o andar dos ponteiros.

– Sempre
reforçava a intenção de estarmos reunidos, e questionava o grupo se eles
conseguiam perceber a conexão entre o fluir daquela conversa e o tema que
precisamos cumprir, nosso objetivo.

Esses
elementos deram conta e garantiram o bom diálogo.

Quer
saber mais? Tem tudo isso no Modelo de Aprendizagem Integral (MAI), um curso da
Humanará.

Participe
e mude sua história.

smileycontato@humanara.com